A cidade

Breve Resumo da Cidade

História

A partir do ano de 1700 a colonização e povoamento da Capitania de Sergipe expande-se pela zona sertaneja, a sua penetração nos fundos da faixa de terras compreendidas entre os rios Vasa Barris e Sergipe vai atingir em 1713 o território que veio a ser município de Pinhão. No século XIX, precisamente em 1889, foram demarcadas terras pelo Engº Militar José Calazans, de imediato arroteadas com grande empenho pelo francês Cootchaux Ettinger e seu filho Gabriel. Aí teve início a cultura do algodão, atraindo pessoas das circunvizinhanças, e assim teve formação a povoação de Pinhão, nome este provindo da grande quantidade de uma planta nativa (pinhão e Purga), do nordeste, ali existente. A povoação ganha sua capela sob o orago de São José. O Comércio, a agricultura e a pecuária crescem como fontes de vida da localidade. Pela Lei Estadual nº 525-a, de 25 de novembro de 1953 foi o povoado elevado à categoria de cidade e sede do município, cujo território foi desmembrado do de Campo do Brito, somente instalado a 30 de janeiro de 1955.

Geografia

Localiza-se a uma latitude 10º34’02” sul e a uma longitude 37º43’22” oeste, a cidade está implantada em uma campina, a uma altitude de 258 metros.

Economia

Agricultura é a principal fonte de vida.

Referências

1. Prefeito eleitos no Sergipe. Página visitada em 22/01/2013.
2. Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008.
3. 
IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010.
4. Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2013. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de janeiro de 2013.
5. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 26 de agosto de 2013.
6. Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010.
7. 
Pinhão, Nossa História. Página visitada em 28/06/2013.